icone guerra quimica e biologica Junte-se a leitores inteligentes e receba atualizações, artigos e imperdíveis sobre guerra química e biológica!

emprego armas quimicas pelo Ei em Mossul

Em 23 de outubro, o Estado Islâmico (EI) provocou um incendio em uma empresa de produção de enxofre na cidade de Mossul no Iraque. Algumas pessoas morreram após inalarem os gases tóxicos. 

Segundo a porta-voz Ravina Shamdasani das Nações Unidas, o EI tem estocado grande quantidade de amônia e enxofre com o objetivo de realizar ataques com armas químicas

Exercito preparado para ataques com armas quimicas

Com a proximidade dos jogos Olímpicos e cenário mundial com ataques terroristas, o Exército Brasileiro (EB) tem se capacitado e se equipado para enfrentar possíveis ataques com armas químicas de destruição em massa.

O exército tem realizado cursos com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos e simulados de descontaminação de múltiplas vítimas para casos de um acidente com agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares.

Grupo de Resgate e Atendimento a Urgencias GRAU

Com a proximidade dos Jogos Olímpicos no Brasil, a cidade de São Paulo receberá alguns jogos, e neste cenário, as forças armadas e grupos especiais das polícias e as equipes de atendimento a emergências, tem se preparado cada vez mais.

A especialista em armas químicas, Camilla Colasso foi convidada pelo Dr. Jorge Ribera, diretor do Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências (GRAU) para ministrar a palestra. O GRAU foi criado há 25 anos com o intuito de fornecer serviços médicos para auxílio às ações do Corpo de Bombeiros e, tornou-se referência em atividades de resgate e trauma no Estado de São Paulo e é ligado à Secretaria de Estado da Saúde.